Segunda-Feira, 17 de Maio de 2021

|

Biblioteca Virtual em Saúde completa 17 anos

Neste dia 27 de março a Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) completa 17 anos de sua criação, em 1998. A BVS é a principal estratégia de cooperação técnica em informação científica e técnica em saúde na América Latina e Caribe, e também em outras regiões em desenvolvimento, na forma de cooperação sul-sul.

A BVS e suas Redes Associadas é um componente da Estratégia e Plano de Ação sobre Gestão do Conhecimento e Comunicações da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), assim como da Estratégia e Plano de Ação sobre eSaúde, e está presente em 31 países, abrangendo mais de 2.000 instituições.

Nas palavras de Verônica Abdala, Gerente da área de Serviços Cooperativos de Informação e Gerente-interina da área de Produção de Fontes de Informação da BIREME/OPAS/OMS, “A BVS nasceu em um contexto onde a maior dificuldade apresentada era a iniquidade no acesso à informação em saúde na Região da AL&C. E hoje, passados 17 anos de muito trabalho da Rede e forte desenvolvimento na área de Tecnologias de Informação, sua importância se amplia para o enfrentamento de novas necessidades, como por exemplo, a tradução do conhecimento e a disponibilização de conteúdos mais relevantes aos sistemas e serviços de saúde. A BVS continua alinhada a promover o controle bibliográfico da produção científica e técnica em saúde da AL&C e na construção de pontes que facilitem e ampliem o acesso e uso da informação em todos os âmbitos da saúde.”

A figura abaixo mostra o número e a distribuição de instancias de BVS no mundo.

Em 2014, considerando a Instância BVS Regional, registra-se 116 instâncias BVS em operação regular em 31 países, das quais 31 são Instâncias BVS nacionais, 12 institucionais, 61 temático-nacionais e 11 temático-regionais.

A Coordenação Regional da Rede BVS é exercida pela BIREME. No âmbito nacional, cada país assume a responsabilidade pela coordenação de sua rede de instituições como meio essencial para promover e assegurar a visibilidade e acessibilidade à informação e ao conhecimento em saúde na região. Essa coordenação é feita por uma ou mais instituições, seguindo os mesmos princípios e funções orientadoras da ação da BIREME no âmbito regional e as metodologias e guias que compõem o Modelo da BVS.

O Brasil ocupa uma posição de alto impacto e liderança no desenvolvimento e operação da BVS e suas redes complementares, participando com 34 instâncias ativas na Rede BVS. Várias áreas temáticas estão representadas na BVS Brasil, envolvendo o trabalho cooperativo da Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde e diversas instituições produtoras, intermediárias e usuárias de informação em saúde.

O Ministério da Saúde tem apoiado o desenvolvimento da BVS no Brasil por meio de projetos de cooperação técnica, especialmente com Termos de Cooperação que buscam fortalecer a gestão e promoção das instâncias temáticas e contribuir para a inovação e atualização das metodologias e tecnologias de informação do Modelo BVS. Merece destaque a VII Reunião da Rede BVS Brasil, com o tema “Avançando com a Governança da BVS Brasil” ocorrida em maio de 2014. A reunião teve como principais resultados a conformação do Comitê Consultivo da BVS Brasil, e redefinição do Comitê Executivo e Secretaria Executiva, além de registar as experiências da rede no desenvolvimento e operação da BVS por meio de vídeos com depoimentos.

.

voltar